""Eu segurei muitas coisas em minhas mãos e eu as perdi; mas tudo que eu coloquei nas mãos de Deus eu ainda possuo." Martin Luther King
Viagem
Vês os meus olhos?
Entra...
entra pelas minhas janelas...
Viaja pela minha Alma.
Vês o meu Céu?
Flutua no meu imenso Azul...
Repousa nas minhas nuvens de algodão...
Aquece-te nos meus mil
Sois que trago no coração.
Sentes a ternura?
É o fluído de mel que me corre nas veias...
Auto-estradas do meu Amor.
Fica á vontade...
Esta é a maior sala do meu ser...
A sala Mor...
O meu Coração!
Convido-te a ficar...
Tenta conhecer-me
Através do meu olhar!
by wahine kia ora hoa

3 comentários:

gui disse...

Viajei pelo teu céu azul.
Vi a tua alma linda.
Senti o calor dos teus mil sois e da tua ternura.
Fiquei à vontade para te dizer:
Belissimo o teu poema Wahine Kia ora hoa, belissimo também o teu nome.
Gui

Fátima disse...

Agradeço ao Gui o maravilhoso comentario que fez ao meu poema.O seu comentario é também ele um poema. Beijo azul para si.
Wahine kia ora hoa

Jota disse...

O seu poema é um espectáculo Sra.
Desculpe mas o seu nome é muito dificil.
Fiquem bem e sejam felizes, OK?
Aqui do Jota um abraço.