""Eu segurei muitas coisas em minhas mãos e eu as perdi; mas tudo que eu coloquei nas mãos de Deus eu ainda possuo." Martin Luther King

Recomeçar

Noite de chuva, noite fria
inesquecivel vão para ti minhas visões que a noite evoca,
uma semana, um dia...
um tempo que o tempo nos concede
um novo rumo nem mais...nem menos
um relogio na parede marca o compasso das horas.
vou caminhar contigo
num sorriso de esperança uma vertigem
doce e premonitoria...
uma estrada que se abre perante mim
pura poesia que arrebata e dilacera. recomeçar sem medos sem angustias confiante. acreditar sem me desiludir,
no sonho que se abre e que me beija

3 comentários:

Mara disse...

Olá miga, fui ao teu novo blog mas não consigo deixar comentários, mas está lindérrimo.
Adorei este recomeçar...
Um beijo
Mara

T. Lopes disse...

Já lá fui e gostei, mas não se consegue deixar nada. Mas prefiro este, não há amor como o primeiro. Não feches,tens muito de ti aqui.
E este recomeçar é mesmo a sério?ou ficção?

Abraços e beijos

Fernanda disse...

Muito bonito este cantinho , me passou doçura e cultura.Nem precisa dizer que amei tudinho .
Beijo

Fernanda!