""Eu segurei muitas coisas em minhas mãos e eu as perdi; mas tudo que eu coloquei nas mãos de Deus eu ainda possuo." Martin Luther King

Jardim Secreto

Tu és o meu jardim secreto
Onde planto os meus sonhos por viver
Sonhos de cinco minutos, num lindo
entardecer
q
u
a
n
d
o
Chegas nas asas do condor, viajante eterno
E me deixas por outro amor, sedento e efémero
Tu és o meu jardim secreto
o
n
d
e
Colho as flores da esperança adormecida
Deste amor sem regresso, desejado ausente
Num fôlego solarengo de bonança esquecida
Tu és o meu jardim secreto
Onde respiro a paixão desta alma perdida
S
i
n
t
o
O encanto, o desejo de um sonho permanente
Cinco minutos contigo
Numa viagem de ilusão, sôfrega de paixão
s
o
r
r
i
s
o
De branca nuvem imaculada
Partes de novo,
c
a
i
o silencio
E levas a esperança a quem não te tem esperado
Meu jardim encantado,
Meu doce amor, eterno, amado, e sempre a
g
u
a
r
d
a
d
o

By Beijo Azul@

12 comentários:

Andradarte disse...

Bem que eu precisava de um jardim
secreto,para plantar sonhos e enterrar
desilusões.
Beijo

Maria Emília disse...

Foto belissima que nos transporta mesmo para um jardim secreto. As palavras penso que são reflexo do seu estado de alma. Li o que escreveu no blog da Mariz e senti que anda muita tristeza por aí. Vi também no seu perfil que deve morar aqui perto de mim. E se nos encontrassemos um dia?
Um beijinho,
Maria Emília

Mariz disse...

Salvé amiga

Vim aqui dar-te um beijo e os parabéns por colocares esse poema inspirador da nossa amiga.Será que te assenta que nem uma luva? Ou já não?!
Se experimentares nalgum momento, viveres como alma e não como humana, pouco ou nada te incomodará. Eu fiz a experiência a resultou em cheio!
Mas realmente, as pessoas têm de QUERER!
Ter vontade!
Por aqui as coisas naõ esão famosas...ontem pensei ue o meu cão partia...
depois chegam-me coias por mail que me enervam.(?)...
é que as pessoas não se "enxergam" mesmo!
Queres crer que me tenho sentido doente de tudo e mais alguma coisa e passado pouco tempo deixo de sentir aquilo e volta outra coisa qualquer?! - ando nisto há quase 2 meses...e não sofro de nada em especial...
penso que sejam as energias da mudança e o nosso corpo ressente-se.
Deixo-te o coração
Sempre...
Mariz

Ligia disse...

Obrigada, amiga Maysha, já peguei meu selinho. Estou toda boba. Como sempre você consegue nos oferecer a leitura apropriada na hora certa. Amei este poema. Beijo de paz.

Ligia disse...

Ah! a emoção me fez esquecer a educação. Obrigada pelo convite para ir a Portugal. Fico-te agradecida de coração. Bjs. de paz.

Haere Mai disse...

olá amiga! Fico grata pela escolha de um poema meu neste teu espaço. Estes 5 minutos foram de muito prazer numa presença muito desejada.

Tudo a correr bem amiga. Beijinhos.

Fatima

Tétis disse...

Olá Maysha

Muito bonito este poema.

Penso que todos nós precisamos dum "jardim secreto" para plantar os nossos sonhos, mesmo que sejam sonhos de apenas 5 minutos!...
O sonho comanda a vida, como diz o poeta e a ilusão e a esperança são muitas vezes aquilo que nos sustenta.

Amiga, pelo que li, as coisas não vão lá muito bem... Não sei o que dizer ou fazer mas quero que saibas que, embora virtualmente, terás sempre aqui um ombro amigo para encostares a cabeça e uma mão para segurar a tua sempre que necessitares.

Olha, numa tentativa, mesmo infrutífera de te animar, aproveito para te dizer que tens um prémio no nosso blog para recolheres e trazes para junto de ti.

Este prémio é para ti porque tens um "coração de ouro".

Beijinhos

Argos disse...

Maysha,

Gostei muito deste poema.
Todos devíamos ter um jardim secreto...

Abraço

Chris disse...

Jardins secretos de sentidos e emoções...
bjs
Chris

Tétis disse...

Amiga Maysha

Deixei-te aqui um comentário, não consigo precisar o dia mas sei que foi a seguir ao de Lígia (talvez nesse mesmo dia) e estranho não o ver aqui publicado.

Será que disse alguma coisa que não devesse? Se assim foi peço-te desde já mil desculpas mas não é meu hábito "exceder-me", tanto mais que adorei este poema e a imagem que é lindíssima.

Fico a aguardar que me digas alguma coisa para não continuar nesta dúvida sobre o que se terá passado.

Beijinhos

Maysha disse...

Meus amigos queridos, a todos peço desculpa de tardiamente vir aceitar os gentis comentários que me deixam e me fazem feliz.
Estou em época de exames o tempo escasseia,talvez eu não saiba geri-lo muito bem, tento fazer o meu melhor, mas algo fica sempre para trás.
Agradeço a todos, peço mil desculpas, em Agosto terei mais tempo livre para vos mimar como merecem.
Atélá peço que comprendam e acima de tudo peço que não me esqueçam a vossa amizade é muito importante para mim.
Deixo-vos a minha amizade e um doce beijo de luz
Isa

comme des habitudes disse...

olá desculpa a invasão que lindo espaço. tou a procura de blogs interessantes. achei o seu ótimo!!!
abraços.. se quiser pode me seguir..

leandro cardoso.