""Eu segurei muitas coisas em minhas mãos e eu as perdi; mas tudo que eu coloquei nas mãos de Deus eu ainda possuo." Martin Luther King

Lagrimas ocultas

Se me ponho a cismar em outras eras Em que ri e cantei, em que era querida, Parece-me que foi noutras esferas, Parece-me que foi numa outra vida... E a minha triste boca dolorida, Que dantes tinha o rir das primaveras, Esbate as linhas graves e severas E cai num abandono de esquecida! E fico, pensativa, olhando o vago... Tomo a brandura plácida dum lago O meu rosto de monja de marfim... E as lágrimas que choro, branca e calma, Ninguém as vê brotar dentro da alma! Ninguém as vê cair dentro de mim! Florbela Espanca

11 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Teu blog é simplesmente mararilhoso e por isso compartilho com vc o meu primeiro selinho.
Passe por lá para pegar. ok.
sou grata
zizi

Adolfo Payés disse...

Son las lagrimas que nacen muchas veces sin avisar.

Un beso

Excelente poema..

Un abrazo
Saludos fraternos...

Reyel disse...

Qtas vezes só Deus p ver nossa dor...
Quão só nos sentimos só conosco mesmo, e rodeados de toda gente. Mas Deus vê... e nos consola se conseguirmos enxergá-lo tbm com a alma.

Bênçãos!

Mara disse...

Eu gosto demais da Florbela Espanca e este poema é de uma intensidade que nem dá para descrever.
Um bom dia para ti amiga Isa e um beijo
Mara

Moon disse...

"E as lágrimas que choro, branca e calma,
Ninguém as vê brotar dentro da alma!
Ninguém as vê cair dentro de mim!"

Lindo.
Beijos
Moon

Moon disse...

Ei, onde andas?
Vai ver o que a Ligia fez para nós, finalmente temos algo decente, eu pelo menos, para oferecer aos amigos. Passa pelo blog dela.
Jocas
Moon

O Meu Confessionário da Alma disse...

Oh está ainda mais lindo o teu cantinho.
gostei muito
beijinhos

EDUARDO POISL disse...

Lindo este poema, parabéns


A todos os ventos
eu peço coragem.
A cada estrela e estrada
Ao mar que não morre nunca
eu peço coragem.
E ao sol e à lua
E a todo o firmamento.
A cada pássaro
A cada pedra
A cada bicho da terra e do ar
Peço coragem a tudo o que vive agora
E ainda viverá
Coragem para cavalgar os dias
Navegar nas horas
E a cada minuto e segundo Sonhar.

(Roseana Murray)

Tenha um lindo final de semana com muito amor e carinho.
Abraços

MIUÍKA disse...

Obrigada querida amiga,pela tua simpatia e pelo comentário, gostei muito.
Um bom fim de semana e um beijinho...MIUÍKA

Sonia Schmorantz disse...

Belíssima postagem, e este novo visual está lindo!!!
Beijão, ótimo final de semana

E.Rakowski disse...

Ahh Florbela!!!


Maysha desejo que recupere-se,
e deixo um super abraço cheio de carinho!

Felicidades sempre amiga.