""Eu segurei muitas coisas em minhas mãos e eu as perdi; mas tudo que eu coloquei nas mãos de Deus eu ainda possuo." Martin Luther King

Conversa com o Amor

Hoje encontrei-me com o amor,estivemos conversando por longas horas...
Perguntei-lhe qual o significado do seu nome.
Ele disse: Não tenho definição, se quer saber quem eu sou,AME! Pois só quem ama sabe quais são as minhas sensações, mas mesmo assim não saberá descrever-me.
Perguntei o motivo da sua existência.
Calmamente ele respondeu: Para tornar as pessoas e o mundo mais belos, unir os corações e fazer com que as pessoas tenham um motivo para viverem...
Perguntei também de onde ele veio.
Ele falou que veio de Deus, dos Anjos, das estrelas, da lua, do mar, do oceano, da chuva, dos rios, do vento, do furacão, das montanhas, dos vales, da rosa, do lírio, do frio, do calor, da primavera, do outono, do inverno, do verão,da lágrima, da dor, do sorriso e daquilo que não se define e não tem fim.
Disse-me também que a sua essência é a confiança mútua, que um grande amor para acontecer só depende de nós, mas devemos ter paciência e sabedoria para lidarmos com ele, pois o amor é algo inexplicável que não se entende: vive-se.
Não se compra, porque ele está dentro de nós, nos corações. É preciso fazer uma viagem ao nosso interior para nos encontrarmos com ele.
Nessa conversa com o amor aprendi que é preciso amar para depois ser amado... é preciso sofrer para não magoar as pessoas. O amor não é fácil de ser vivido, mas se você quiser terá um verdadeiro amor...
O amor pediu-me para dizer a quantas pessoas eu pudesse... que amar é viver , é sorrir é sonhar, por isso ame, ame sem medo de sofrer. Ame sem medo de ser feliz!!!
Pois na vida tudo passa... Principalmente o tempo... E um dia você poderá olhar para trás e chorar por não ter tido um grande amor, não ter lutado ou feito uma loucura por alguém, ou sorrirá de felicidade por ter um grande e eterno amor.
Mesmo que não esteja mais do seu lado, mas que um dia a tenha feito feliz e você também o tenha feito.
(Desconheço o autor, foi-me enviado por um amigo)

13 comentários:

Bloguinho da Zizi disse...

Querida Maysha
Se todos trouxessem o amor em seus corações este nosso mundo estaria melhor, em paz.
Vamos propagar a partir do nosso coração muito amor a todos que nos rodeiam, sem esquecer que temos que nos amar também.
Lindo texto.
Gratidão

Dora Regina disse...

Maysha, o amor tem definição para mim, eu o defino numa só palavra...
DEUS!
Um grande abraço e parabéns pela escolha do texto, é belíssimo.
Bjsss

Pelos caminhos da vida. disse...

Gostei daqui e voltei, agora pra te dar um presente:

Um Anjo para Você.

Para iluminar seu caminho,
para colocar ordem na sua vida,
para você ter sempre a certeza,
de que ele está ao seu lado,
em todos os momentos.

Em qualquer situação,
na sua tristeza e na sua alegria.

E mesmo que você se esqueça dele as vezes,
ele estará sempre do seu lado,
lhe ajudando, lhe dando conselhos,
lhe conduzindo na sua estrada,
as vezes triste, as vezes alegre.

Ele sempre vai dar o melhor de si,
para lhe ajudar, e em troca disso,
ele só quer que você saiba dele,
que acredite nele.

Não precisa saber o nome do seu anjo,
basta lembrar dele como uma luz,
a iluminar o seu caminho.

E você pode ter certeza de que ele é assim,
uma imensa luz, que não se apaga nunca,
que não fica fraca,
que jamais perde sua força e seu brilho.

Um lindo anjo para você...
Que você possa contar com ele,
Sempre....sempre...

(texto tirado da net).

Bom dia!

beijooo.

Antonio Campos disse...

Minha amiga essa introspecção que fizestes foi uma viagem a que muitos de nós caberia faze-la. Um grande abraço bom senti-la assim escrevendo.

Andradarte disse...

Dá que pensar, mas a minha vivência
tornou-me descrente.É tudo uma questão de sorte...ou se tem ou não se tem....
Beijo

Atena disse...

Para mim o amor é vida... quem não ama verdadeiramente, não vive. Mesmo que também se possa sofrer, o amor é o que dá sentido à humanidade. Desejo muito amor para todos!

RETIRO do ÉDEN disse...

Da minha janela avistando ao longe a Amadora...venho agradecer a sua passagem pelo "retirito".
Lindo texto para reflexão e para praticar...o verdadeiro AMOR.
Forte abraço
Mer

RETIRO do ÉDEN disse...

Quero acrescentar...esta família tem o 1º.nível de Reiki...mas não particamos por preguiça.
Meu marido anda no 4º.ano de Medicina Tradicional Chinesa.
Achei interessante as afinidades.
Tenho um espaço, onde cedi a uma amiga... para prática de Reiki. Actualmente até está livre esse espaço, quem sabe meu marido para o ano o irá aproveitar nas Medicinas Alternativas.
Forte abraço e desejo tudo de bom
Mer

Sonia Schmorantz disse...

A mensagem é muito bonita, encontrar o amor é ser feliz!
beijos, ótimo fim de semana

Taddeu Vargas disse...

Olá Maysha! Estou aqui pela primeira vez, mas, pelo que li, sei que vou voltar muitas outras.
Gostei da maneira como você escreve e de você, da sua simplicidade.
Que bom que seu computador sarou e podes escrever normalmente.
Fiquei feliz com o reencontro que tive com a figura do Pe. Lauro Trevisan, pelas suas palavras, pois há anos que não o vejo e sei tratar-se de pessoa abençoada.
Ajudei, aqui no Brasil, no final dos anos 80, na realização de seus cursos e palestras. Li várias das obras dele e aprendi a meditar com suas fitas de meditação.
Amei seu texto sobre a ida ao Santuário de Fátima, é um dos meus sonhos que irei realizar.
Adorei tudo por aqui! Voltarei!
Abraço imenso e muito prazer em te conhecer, mesmo que virtualmente.

Amanda Luna disse...

ai que texto lindo!! parabéns seu blog tá muito fofo!!!
virei seguidora e se quiser me seguir também, meu blog é sermulhereomaximo.blogspot.com
beijocas

♥*♥(franciete)♥*♥ disse...

Amiga que conversa mais prazeirosa vocês tiveram, que bom seria se um dia cada um de nós tivesse assim uma conversa.
Mas o amor; ai o amor, quantos corações ele consegue machucar ao mesmo tempo, e quantos ele faz feliz enfim muito se tem escrito dele e para ele, e muito ainda se tem para dizer.
Beijinhos de luz no lugar que ele tem mais profundo

notyet disse...

É belo o texto.
O amor é talvez efémero mas a recordação quase eterna.
Outro beijinho