""Eu segurei muitas coisas em minhas mãos e eu as perdi; mas tudo que eu coloquei nas mãos de Deus eu ainda possuo." Martin Luther King

Que grande susto!!!

Amigos estou ainda a tremer. Ontem apanhei um susto de morte, por um triz não fui assaltada.
Estava no meu local de trabalho, logo a seguir ao almoço, com duas colaboradoras e uma cliente, calmamente na conversa, bem animadas.
O dia estava frio, mas tão bonito, comentavamos como nos sabia bem o sol, as nossa energias renovadas e as sombras afugentadas.
Nisto entra um homem enorme, sou alta mas senti-me pequena ao pé dele, mal-encarado, mal vestido, com todo o ar de meliante, mas ao mesmo tempo de desespero.
Olha ao redor e mete a mão no bolso. Gelei, gelámos, imóveis, um silencio cortante. Olhamos umas para as outras, o pensamento foi comum, vamos ser assaltadas.
Naquela hora só pedi a Deus que ele não nos fizesse mal, o dinheiro era o menos. Não, não é verdade, o dinheiro fazia-me muita falta, o dinheiro que tinha na caixa era quase à conta para pagar uma factura nesse mesmo dia, se mo levasse como iria fazer, mas a nossa segurança era mais importante que tudo.
A mala da minha cliente estava aberta, pousada em cima de uma cadeira e ele olhava ora para a caixa registadora, ora para a mala.
Sentia os olhos das minhas amigas fixos em mim, atemorizadas, num pedido de ajuda, como se eu lhes pudesse valer.
Fingindo que não percebia o que estava a suceder, dirigi-me ao senhor e perguntei-lhe com a voz a tremer mas aparentando uma calma que não sentia - precisa de ajuda? e ofereci-lhe o meu melhor sorriso, como faço aos meus clientes que tanto estimo. Ele olha-me como se eu fosse um extraterrestre, com um olhar algo alucinado, e eu ainda tive tempo de pensar, ai Jesus, porque é que não fiquei calada, vai-se atirar a mim.
Mas súbitamente baixa os braços, baixa a cabeça, fica imóvel. De repente dá meia volta, e vai-se embora sem dizer uma palavra.
Ficámos estarrecidas, parecia que nem respirávamos, estavamos todas a tremer do susto, nem queriamos acreditar.
Que acontecera? Que poder superior o fizera sair? Foi tudo tão rápido. Olhamo-nos incrédulas, enquanto nos interrogávamos e comentávamos o sucedido.
Corremos para a rua ao ouvirmos gritos... a loja em frente tinha sido assaltada!
Ainda vimos o meliante a correr com o pobre do dono da loja a correr atras dele, vimo-lo empurrar umas pessoas, dobrar a esquina e desapareceram do nosso angulo de visão.
O dono da loja não conseguiu alcançá-lo e voltou para tras, em desespero, era elevada a quantia furtada. Mesmo pouco que fosse era dele, fazia-lhe falta.
Pobre senhor, que sorte cruel, a vida tão má e de repente fica sem o dinheiro do dia, que tanta falta faz.
Mais tarde contaram-me que o assaltante puxou de uma navalha, felizmente não feriu ninguem, só intimidou, por isso o vi meter ao mão ao bolso quando entrou no meu espaço, embora não a tivesse tirado!
Apenas consegui fazer uma prece agradecida a Deus, aos Seres de Luz que me rodeiam, ao Astral Superior, agradecer a protecção, a grande ajuda que tivemos naquela hora de aflição.
Mas não pude deixar de me interrogar, Porquê?
Porque fui poupada? Que forças o imobilizaram e fizeram ir embora sem me assaltar?
Acreditem em mim, meus amigos, não estou a inventar nada, não é ficção, foi exactamente assim que tudo aconteceu.
Tenho tido tantos problemas ultimamente, mas sempre disse que Deus devia ter algo muito bom reservado para mim. Sempre acreditei nisso. Agora penso que esta foi a resposta à minha fé. Não nos fez mal, não nos roubou, e embora nem tivesse dormido de noite a pensar nisto tudo, estou imensamente grata ao Céu.

15 comentários:

Atena disse...

Por muita fé que tenhamos, quando sentimos "a mão" divina, tornamo-nos tão pequenos e incrédulos que nem parecemos merecedores dessa dádiva, porque duvidamos, questionamos... sempre! E apenas duvidamos ou questionamos porque o que sentimos é tão inexplicavelmente forte, grandioso que não cabe em nós e transborda...
São apenas "amostras" do poder de Deus, da Luz... e mesmo que acreditemos piamemnte porque o sentimos, não temos "tamanho" para o compreender na totalidade.
Abraço forte querida amiga,
Cristina

Bloguinho da Zizi disse...

Querida Maysha
Aquele filho de Deus, estava fora de si e com certeza encontrou no teu espaço algo que o fez recuar.
Você direcionou uma intensa luz sobre ele quando lhe perguntou se precisava de ajuda.
Deus tem você dentro do coração Dele, bem cuidada.
Tua fé te libertou.
Salve a vida!!!
Beijinhos minha querida.
Alzira

Anónimo disse...

Querida amiga,
só agora li este teu post :-(
Sorte linda muita protecção foi o que tiveste enviado pelo poder de Deus e dos anjos que te protegem.

De facto costumamos dizer vão-se os anéis ficam os dedos mas nesta crise que passamos todo o dinheiro é pouco no entanto como dizes vale mais que levem qualquer coisa do que a nossa saúde ou vida porque essa ninguém tem dinheiro que pague.

Sucedeu-me algo parecido na altura do Natal mas eu sei porque não fui atacada :-) assustei-os com a minha cara de má :-) a minha cara por vezes fica mais feia que a deles (só trás vantagens)
Tenho de te animar um bocadinho.

Pois é amiga...sabes o que costumo dizer? Que devemos ter sempre algum dinheiro na gaveta ou em casa para os assaltantes levarem senão eles ainda nos dão sovas por terem tido o trabalho e nada poderem levar.

Amiga...fico contente que o susto tenha sido só isso...mas cuidado que ele ou outro podem voltar...faz como digo vai sempre escondendo o dinheiro durante o dia não deixes muito na caixa só algum e depois dizes que não vendeste nadita esse dia.

Agora percebo porque razão o Bruno me disse que tu não estavas bem ...e eu a repetir-lhe o teu e-mail dizendo que estavas...ele lá sabia.

Beijinhos nossos com carinho

Lisa_B e Bruno_B

Sônia Silvino disse...

Amiiiga!
Que susto, hein? Graças a Deus não aconteceu nada com vocês!
Bjkas, minha linda!

Agulheta disse...

Amiga Maysha! Tem certas coisas na vida que nem tem explicação,nem nós sabemos o porquê,mas que ficamos incrédulos é verdade.
Agradeço a visita ao blog,e pelas palavras.
Beijo Lisa

poetaeusou . . . disse...

*
não acredito
que tenha acontecido,acabo de ouvir o Sr. Ministro da
Administração Interna dizer que
Portugal é um País calmo existem
apenas casos pontuais sem valor
de registo . . . srsrsrsr,
,
cautelosas conchinhas,
deixo,
,
*

Anónimo disse...

Amiga é caso para dizer que mais irá acontecer, mas pelo menos tudo acabou bem, parece que te estou a ver com o teu eterno sorriso, mesmo nos piores momentos, a perguntares ao individuo se queria ajuda.
Quem sabe se não foi o teu sorriso e as tuas palavras, além da grande ajuda divina que sem duvida tiveste, que o desarmaram.
Já passou, abençoa-o, e tenta esquecer o susto.
Dorme bem, fica com os Anjos, beijos nossos
Mara e Gui

Anónimo disse...

Oh minha linda e kida amiga, pelo menos não foi komo o outro ke te roubou o relógio, lembras-te?
Sim, o tal bonitão dos olhos azuis, que andaste a dizer ke alem do relogio te roubou o koração, de tão lindo ke era, até nem te importavas ke te roubasse de novo, kekekeke.
nem sei komo ainda te sorriste e falaste pra ele, és louka, mas pronto td akabou bem, já passou.
Jokas nossas, temos xodades
Luana

Antonio Campos disse...

Estavam vocês naquele momento mui iluminadas com certeza. Que bom temos que ter muita fé.

Sonhadora disse...

Realmente, deve ter sido um grande susto.
Mas ainda bem que tudo terminou bem.

Beijinhos
Sonhadora

Áurea disse...

A fé, é algo que guarda
A si, também a guardou
Nesse momento difícil
Mas que contudo...Ficou

Pasei para espreitar
E gostei deste cantinho
Sempre que possa! Passarei
Se não incodar ficarei
Nem que seja, por pouquinho!!!
BJo
Áurea

Pelos caminhos da vida. disse...

Como viver mais anos !
Vá mais lugares,
Abrace Mais amigos,
Dance Mais,
Diga menos nãos,
Invente menos problemas,
Coma mais sobremesas ,
Pratique mais esportes,
Ria mais de si mesmo,
Vá mais ao cinema,
Saia mais com os amigos,
Cante mais,
Plante uma árvore,
Brinque mais,
Tire mais fotos,
Visite o céu ,
Visite o fundo do mar,
O topo de uma montanha!
Beije mais,
Abrace mais,
Conte mais piadas,
Se apaixone mais vezes,
Mesmo que seja sempre pela mesma pessoa!

(Laura Baptista Leite).

Bom fim de semana pra vc.

beijooo.

MIUÍKA disse...

Olá amiga,muito obrigada pelo comentário.
Ao ler o que passaste,penso que se fosse eu morria só de susto e nem saberia sorrir,afinal foi o que te salvou,possivelmente,teria o homenzinho ficado encantado contigo ihihi,estou a brincar,mas é realmente para ficar com as pernas bambas.
Amiga,para ti um bom fim de semana com um beijinho da MIUÍKA

AFRICA EM POESIA disse...

MAYSHA


Mina amiga

A vida tem coisas espantosas A mão de Deus é muito forte.
Eu sei que+e assim,...
Ele nunca falha a quem o AMA.


Um beijo

♥*♥(franciete)♥*♥ disse...

Há mais mistérios escondidos do que a nossa mente possa imaginar, quem a terá socorrido, é por essa razão que eu acredito que as almas andam bem perto de nós aqui na terra.
As quais as conhecemos como anjos desencarnados, mas o mais importante é que tudo terminou em bem e eu acredito que a minha amiga nem ganhou para o susto.
Beijinhos de luz minha linda