""Eu segurei muitas coisas em minhas mãos e eu as perdi; mas tudo que eu coloquei nas mãos de Deus eu ainda possuo." Martin Luther King

Um olhar diferente

Hoje olhei o mundo com um olhar diferente para tras ficou aquele periodo negro
que me perturbava as arvores cobrem-se de nuvens
brancas e cor de rosa ao longe a terra lavrada em flores silvestres temporãs macieiras que desabrocham e se espalham em carmim pelos campos em fogueiras de fertilidade lagoas quentes de nuvens de vapor
desprendem-se do sol espelham-se num circulo de pedras mágicas, qual ritual sagrado banhado pelo luar. Retorno em busca do sorriso de amizade
que a brisa me traz talvez pela mão de uma flor...

10 comentários:

Andradarte disse...

Amanhã será outro dia.
A Esperança nos acompanhe, pois
dizem que é ela que nos salva.
Beijo

Sol e Luar disse...

Bonito este olhar diferente que nos traz de volta o sorriso da felicidade.
Beijo

Tétis disse...

Olá Maysha

Indubitavelmente belo este "Um olhar diferente".

Não há dúvida que são os nossos olhos, a nossa maneira de olhar e sentir o mundo que determinam se ele é bonito ou feio, se as núvens são negras ou brancas, se as flores desabrocham ou não, se a brisa nos traz sorrisos ou tristezas...

Enfim, amiga, adorei este olhar diferente com que hoje "enfrentaste" o mundo!...

Beijinhos

Sonia Schmorantz disse...

Isso! O mundo se modifica conforme a cor de nossas lentes, uma visão mais serena, mais afetuosa, torna ele muito melhor...
beijos

Haere Mai disse...

Ainda bem que as nuvens negras se dissiparam com o vento. Todos os anos a natureza se renova, porque será que não fazemos o mesmo? Adorei este poema! Lindíssimo.
Peço permissão para o postar no luso com o teu nome! Vais fazer sucesso poetisa!

Beijo azul

Anónimo disse...

eu sempre disse que a minha amiga tinha uma veia poetica. Esta muito bonito o sorriso de amizade que trazido por uma flor.
Adorei mesmo.
Beijos amiga
Lori

Lira Santos disse...

Maysha,
Nunca desista de ser feliz
Existem pedras
Não desista de andar...
Existem barreiras
Não desista de passar...
Existem os nós
É preciso desatar...
Existe o desânimo
É a pior coisa que há...
A estrada é longa
Não desista de chegar...
Existe o cansaço
É preciso caminhar...
Existe a derrota
Você nasceu para ganhar...
Existe o desamor
É fundamental amar...
NUNCA desista de seus sonhos e
de lutar por aquilo que acredita...
Um bom final de semana,
Cheio de luz!!!

Anónimo disse...

Tinha saudades de te ler amiga, e gostei deste olhar diferente, com sorrisos de amizade.
Beijos
Mara

Anónimo disse...

Nunca deixes de nos brindar com o sorriso de amizade com que sempre nos acolhes
Abraços
Gui

Haere Mai disse...

Verifiquem meus amigos o sucesso da nossa Isabel. Uma mulher de taleto no campo da poesia e não quer ver.

Beijinhos azuis!
http://www.luso-poemas.net/modules/news/article.php?storyid=93633