""Eu segurei muitas coisas em minhas mãos e eu as perdi; mas tudo que eu coloquei nas mãos de Deus eu ainda possuo." Martin Luther King

Os Mil e Um Sóis

Chegaste num entardecer
Ao anoitecer da minha vida
onde a poesia florescia
Voragem em marés perdida
Cresceu o momento das horas de noites sem luar
Dormitaram estrelas em cadaamanhecer
Foste lar, foste âncora, estrela do Oriente
Bebeste as mágoas, sorriste a dor
Percorreste jardins, sem relva ou flor
Abriste vulcões, teceste ilusões
Semeaste estrelas em olhares sem cor
Searas de musicas em forma de amor
Aqueces-me o corpo sabendo-te longe
Albergo no meu peito cabana de cristal
Onde se cinzelam luas de mar e sal
Pernoito ao sol da minha solidão
Quisera quimeras em doce algodão
Por ti quebro este sublime laço
Quero-te livre de algemas de aço
Terra de tudo, no mundo do nada
Cresce o milho onde nasce a cevada
Espreitam as papoilas em ceara doirada
Como cabeça de criança de fome adornada
Afinal quem és tu se a vida já existia
O mundo não para e a água corria
Vivi em rios secos do tempo inerte
Hoje sou mar correndo pro Norte
Da minha grande amiga, a poetisa Haere Mai http://beijo-azul.blogspot.com/

34 comentários:

Reyel Angel disse...

Que belo!
Bjos, querida.

Vida*** disse...

Que linda poesia!!! Obrigada,por poder ver cores e poesia em nossas vidas!!! Obrigada!! Tão bom!!! Muito bom!!! Abços de luz!!!

Haere Mai disse...

Ola amiga

Quem diria que escolherias os Mil E Um Sois. Um poema de amizade para a amizade. Muito obrigada Isabel.

Beijo azul

Sônia Silvino disse...

Que bela escolha, minha amiga! Muito inspirador!
Bjkas!

notyet disse...

Grato pela visita.
Em suas afirmações distintas, é o poema assertivo.
"aqueces-me o corpo, sabendo-te longe" é muito belo mesmo sabendo que o poeta é por norma um fingidor...
Aproveite a luz dos mil sóis

Marcia disse...

Olá Maysha, tudo bem?
vim visitar-te e encontro um belo poema, que coloriu o meu dia!
Te deixo um grande beijo e votos de uma semana feliz!

Tétis disse...

Olá Maysha

Lindíssimo este poema.

Parabéns a Haere Mai e parabéns a ti, amiga

Beijinhos

~~º~~ Leonor~~º~~ disse...

Querida adorei a poesia, eu gosto imenso deste género de poema.
Grata pela visita um beijinho de luz em seu coração.

Leandro Ruiz disse...

Cara Maysha
Linda poesia...
Esta poesia encantou meu dia!
Um abraço
Leandro Ruiz

Fernanda disse...

Amiga Isa,

Obrigada por ser assim linda!
Falei com a Mariz ontem, horas.

O poema que escolheu e que não conhecia é fabuloso. Obrigada por ter partilhado esta beleza toda connosco.

Beijinho

Antonio Campos disse...

Lindo poema e bela imagem. Parabéns pela escolha. Grande abraço.

Guita disse...

Oi Isa, gostei muito desta poesia, mas fiquei triste por não ter mais o Saravá. eu gostava muito dele. quem sabe ele volte e até com mais axé (se for possivel) Fica com Deus. Bjs.

A.S. disse...

Querida Maysha,

Belissimo este poema!


Beijos...
AL

Maria Emília disse...

Bonito e forte poema Isa,para quem souber ler nas entrelinhas. Já lá vai quase um ano. O tempo passa depressa mas a saudade, essa não se vai como o tempo.
Um grande beijinho,
Maria Emília

VISION DE ARLEQUÍN disse...

HOLA, LO QUE ME ENCANTA DEL MUNDO DEL BLOG, ES QUE HACERCA LUGARES Y ME ENCUENTRO CON COSAS SORPRENDENTES. NO HAY DUDA, UNO NUNCA TERMINA DE SORPRENDERSE.

TE MANDO UN SALUDO DESDE ALGÚN ILÓGICO LUGAR DE MÉXICO.

TE EXTERNO UNA INVITACION PARA QUE ME VISITES.
ME HA GUSTADO MUCHO TU BLOG Y TE VOY A SEGUIR VISITANDO Y FIRMANDO, ESPERO NO TE MOLESTE.

"LA VIDA ES UN GRAN CIRCO, PERO SIN ESPECTADORES"

Ana disse...

Um beijinho amiga :)
Adorei o teu blog, além dos trabalhos que são excelentes, como sempre.Continua adoro visitar-te.

*Lisa_B* disse...

Olá amiga linda.
estás melhor ?

Que bom editares um poema da Haere Mai. perdi-a de vista há uns tempos atrás quando o meu pc apagou os perfis.

Vou procurá-la e ao amigo notyet também.
Estive sem net mas já comentei ontem no blog e hoje visito os blogs amigos.

Obrigada beijinhos com carinho.
Penso em ti...

Lisa_B

Fernanda disse...

Amiga Isa,

Por ser dia dos namorados, deixo-lhe a frase que publiquei hoje no Rau e no Diverse Texts and Stories.

O amor é um símbolo de eternidade. Ele apaga o sentido do tempo, destruindo todas as memórias do início e todos os medos de um fim.

Beijinhos e feliz dia dos Namorados.

*Lisa_B* disse...

Olá amiga linda,
tinha deixado aqui um comentário mas não o vejo agora...será que não o recebeste ? O meu computador tem dado vários erros já não me admiro de nada...
Dizia que foi bom ter lido aqui o poema da Haere Mai pois tinha-a perdido de vista ha um bom tempo atrás...
Tentei lá entrar como seguidora mas estou ao que parece bloqueada depois verei melhor o que se passa.

Penso em ti...beijinhos com carinho

Argos disse...

Olá

Gostei muito do poema, já cá vim ler três vezes e desta vez vou comentar, ou melhor, deixar uma "perguntinha":
Julgo que todos nós já vivemos, por momentos, em rios secos.
Mas será que soubemos encher da melhor forma esses leitos vazios?

Abraço grande

Sônia Silvino disse...

Cadê você??? Estou com saudades, minha amiga!
bjkas!

Argos disse...

Olá!

Voltei aqui para ler este poema, não me canso!

Abraço e obrigado por partilhares

Maria Emília disse...

Por onde anda amiga, correndo para o Norte ou passeando a saudade.
Um grande beijinho,
Maria Emília

Tétis disse...

Maysha

Tudo bem contigo?

Noto que andas muito ausente, estás bem? Espero que apenas seja falta de tempo!...

Dá notícias.

Beijinhos

Sonia Schmorantz disse...

Maravilhoso poema!
beijo, linda semana

Fernando Santos (Chana) disse...

Olá, bela imagem...bela poesia...Espectacular....
Beijos

Angela Ladeiro disse...

Ainda não tinha vindo ler este belo poema e estava a perder...muito inspirada e de grande sensibilidade. Um beijo

jefhcardoso disse...

Olá! Não tomarei muito de seu tempo. Encontrei-o ao adentrar a lista de seguidores do Palavras de Osho (blog com o qual tenho me identificado). E visto o ecletismo dos seguidores deste blog, decidi divulgar o meu atual trabalho, que se trata de meu primeiro microconto “O Aparelho Digestório”. Caso se interesse e me visite, será um imenso prazer retornar a esta casa com mais tempo, atenção e calma.

Forte abraço de Jefhcardoso do http://jefhcardoso.blogspot.com de blog em blog divulgando e dando o recado!

Fernanda disse...

Amiga Isa,

Venho só deixar-lhe um beijinho doce e votos de bom fim de semana.

Maria Emília disse...

Por onde anda amiga, precisamos de si aqui.
Beijos,
Maria Emília

Maria José disse...

Este espaço é sempre maravilhoso. Estar aqui é sempre um enorme prazer. Beijos e um ótimo final de semana.

Andradarte disse...

Que grande ausência amiga...
Está tudo bem???
Está incontactavel!!!!!
Beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Tenho selinho para ti das...
50.000 visitas

tambem fazes parte desse numero


beijos

Fernanda disse...

Querida amiga Isa,

Há muito tempo que não a visitava e encontro tudo muito parado...
Tudo belo, como sempre, mas quero mais coisas novas, pode ser???

Beijinhos e boa semana.